A dolorosa incompreensão da depressão

A dolorosa incompreensão da depressão

Imagine-se sozinho, em um corredor tão comprido quanto o maior que você já cruzou até hoje e tão acinzentado e escuro que nada parece ter vida ali dentro. Você está ao fundo, preso por seus braços e pernas em anilhas tão pesadas quanto o seu próprio corpo. O seu maior desejo é percorrer este longo caminho e cruzar a estreita saída que, por vezes, quase […]

Leia mais...